INÍCIO    NOSSA MEMÓRIA    INSTALAÇÕES    MATRÍCULAS    LAR DE JESUS    ESTRUTURA    CONTATO

palavras do diretor

apoio pedagogico

eventos (fotos/videos)

calendario escolar

esportes

teatro

hinos

ex-funcionários

mensagens recebidas

identifique a foto

 
LEOPOLDO MACHADO

Revistas: Alvorecer (Colégio Leopoldo) e Quinzenário (Colégio Nacional Méier).


Último artgo para a revista Estudos Psíquicos em Portugal, dirigida por Izidoro Duarte Santos.

O dito popular nos afirma que "só se atira pedra em árvore que dá fruto". Com ele não foi diferente. Bom orador, bom escritor, polemista, um colégio caminhando a passos largos. Benemérito na comunidade. Produzindo muito, provocou muitas invejas.Era ainda Diretor Geral do Colégio Leopoldo quando morreu.

Faleceu no Lar de Jesus, na noite de 22 de agosto. Na manhã deste dia, como se previsse que era seu último dia, mandou chamar o diretor técnico do Colégio Leopoldo e pediu-lhe: “Não transformem nunca meu Colégio em balcão de ensino. Transformem-no antes em hospital. Nunca, nunca, em balcão de ensino”.

Seu corpo foi velado no Auditório do Colégio Leopoldo.


ASPECTO DA RUA PROFESSOR PARIS, (ENTRADA DO AUDITÓRIO).


O CORTEJO PASSOU PELO CENTRO ESPÍRITA FÉ, ESPERANÇA E CARIDADE, ONDE LEOPOLDO
FORA PRESIDENTE POR VÁRIOS ANOS, PARA UMA PRECE, CONFORME SEU TESTAMENTO.


CORTEJO PELAS RUAS DE NOVA IGUAÇU, SEGURANDO A URNA À ESQUERDA, JOSÉ MARQUES,
WALDEMIRO PEREIRA E SIMPLICIANO. À DIREITA O PROFESSOR NEWTON DE BARROS.

"Nova Iguaçu jamais viu um enterro assim e dificilmente verá."


ASPECTO DO CORTEJO NUMA FOTO TIRADA DE CIMA DE UM CAMINHÃO ESTACIONADO NA
ESQUINA DA AV. MARECHAL FLORIANO PEIXOTO COM CORONEL FRANCISCO SOARES.


DO MESMO ÂNGULO, FOTO MAIS PRÓXIMA

Cobriam sua urna as bandeiras do Lar de Jesus, do Colégio Leopoldo e da Arcádia Iguaçuana de Letras. Nem uma casa comercial ficou aberta. A multidão silenciosa estava triste e aumentava cada vez mais. Todas as correntes políticas se fizeram representar, católicos, espíritistas, protestantes. Todos os colégios particulares. Muitas escolas públicas.

Vários oradores falaram à descida de sua urna.


FOTO IDENTIFICADA PELA PROFESSORA LEOPOLDINA MACHADO (IRMÃ DE LEOPOLDO),
COM SUA PRÓPRIA LETRA.


OUTRA FOTO IDENTIFICADA PELA PROFESSORA LEOPOLDINA MACHADO.

Depois do toque de silêncio por um militar, foi sepultado o homem que trouxe para esta região do Recôncavo Fluminense o teatro, a instrução musical, o esporte de quadra e o olímpico, as festas juninas escolares, as tertúlias, a instrução oficial, sua religião, a primeira instituição regular e oficial de amparo à criança, e tantas outras iniciativas.

“Era o tombo do jequitibá” como dissera o amigo José Antonio Marques.


Após o desenlace de Leopoldo Machado diversas homenagens foram e continuam sendo feitas. Estaremos anexando fotos e textos das diversas homenagens recebidas.


LEOPOLDO MACHADO COMO TEMA DE ESCOLA DE SAMBA. FOTO DE JOÁ ( ESQUERDA ) E ROBERTO
COMPOSITOR (DIREITA). NA VINTE E OITO DE SETEMBRO EM VILA ISABEL.


HOMENAGEM DA IMPERATRIZ IGUAÇUANA . DESFILE DE 1998 EM NOVA IGUAÇU NA
CONCENTRAÇÃO NA RUA NILO PEÇANHA.


CARRO LEMBRANDO O COLÉGIO LEOPOLDO E A PROFESSORA LEOPOLDINA MACHADO.

* * *

* NOTAS EXPLICATIVAS

A documentação existente de Leopoldo é um quebra cabeças. Juntá-la é complicado. Parte do acervo no Lar, outra no Fé, outra na escola e por fim a família.

Nossa função é de documentar historicamente. Importante agradecer primeiramente à esposa Marília e à irmã Leopoldina. Depois ao cunhado Newton de Barros e família, incluindo seu pai Alberto de Barros um dos maiores amigos de Leopoldo e à irmã Nelly.

Ao aumentarmos as informações, torná-las públicas via internet, cumprimos uma obrigação que sinto-me no dever de fazê-lo. Como sobrinho recebi e procurei tradição oral e escrita da vida de Leopoldo. Esta página não se concluirá, pois a cada momento estaremos recebendo sempre novas informações e desde que verdadeiras comprovadamente, as estaremos divulgando. Por isso até o "escaneamento" não recebe retoques e você que visita a página tem a certeza da veracidade das imagens e documentos. (Paulinho Leopoldo).

ANTERIOR 1 2 3 4 PRÓXIMO


< topo >