INÍCIO    NOSSA MEMÓRIA    INSTALAÇÕES    MATRÍCULAS    LAR DE JESUS    ESTRUTURA    CONTATO

palavras do diretor

apoio pedagogico

eventos (fotos/videos)

calendario escolar

esportes

teatro

hinos

ex-funcionários

mensagens recebidas

identifique a foto

 
MARIA CÂNDIDA SOBREIRA VIANNA (Candinha)

SAUDADES


 02/07/1950
04/02/2008
 

Filha de Antônio Sobreira Sobrinho e Anésia da Silva, nascia a dois de julho de mil novecentos e cinquenta, em Duque de Caxias, a fluminense Candinha, como carinhosamente era chamada por parentes e amigos e tendo como irmãos Maria da Penha, Maria Raquel, Sólon,  Crezo, Assis e Solange. Iria para o município de Queimados muito cedo e começaria seus estudos no Centro Educacional Manoel Pereira sob a direção do saudoso professor Joaquim de Freitas, outro educador emérito de nossa Região. 

Despertaria então seu amor pelo magistério, profissão que abraçaria inicialmente ali mesmo no educandário. Formada pela SESNI em Biologia, em setenta e quatro, hoje UNIG, iniciava sua presença educacional na Prefeitura de Nova Iguaçu. Casou-se com Rui Vianna em mil novecentos e setenta e oito.

Começava um trabalho, com a parceria do marido sempre apoiando-a, e da professora Míriam no CECINI, Centro de Ciências de Nova Iguaçu. Vivíamos a época das feiras de ciências com seu incentivo. No Jornal Hoje foi uma das protagonistas da Hora do Recreio, encarte dedicado exclusivamente à educação em nossa região. Ali , praticamente marcava o início de sua passagem pela vida pública.

Em mil novecentos e noventa e três deixa de ser a mãe das alunas Laisa e Laís e passa a integrar o quadro de professores do Colégio Leopoldo. Em mil novecentos e noventa e sete, assume juntamente com os professores Rafael Gomes e Almir Barreto a assessoria da Secretaria Municipal de Cultura, Esporte e Lazer, a convite do então prefeito Nelsom Bornier. Desenvolve um trabalho invejável. O calendário de eventos no Município é cumprido a risca. Seu temperamento leve e afável, simpático a todos, evitando atritos sempre, faz com que consiga seus objetivos com relativa facilidade. As feiras voltam. O ginásio Albino Lobo dos Santos, antes do Monteiro Lobato e hoje da Vila Olímpica volta a ver as escolas estaduais, municipais e particulares nas feiras de ciências. Em dois mil assume a Secretaria da qual era assessora. Afasta-se de seu trabalho em sala de aula e posteriormente da prefeitura somente quando a saúde não mais o permite. Deixa-nos na madrugada de quatro de fevereiro às três e quarenta e cinco. È sepultada em Queimados às dezessete horas do mesmo dia. Presença de amigos, parentes e principalmente dos fiéis das comunidades de São José Operário, Nossa Senhora Aparecida, Bom Pastor, Santa Luzia e Divino Espírito Santo onde o seu trabalho de catequese também se fez  presente.

Os padres Obertal, Geraldo, Gentil, Valdenir e Agostinho abençoaram-na em corpo presente. Mais uma vez ela protagoniza fatos especiais. Durante as orações outro cortejo passa pelo seu enquanto os presentes entovam preces e cânticos.  Chovia copiosamente. Ao ser conduzida à última morada já não chovia mais.Lembrávamos Santo Agostinho:Senhor! Obrigado pelo empréstimo de Candinha. “ Nós vô-la devolvemos, em silêncio, porém com o coração dilacerado pela dor.”

                                                     Que Jesus a Abençoe , Ilumine e Guarde.

                                                      Paulinho Leopoldo

* Foto: Antonio Bernardes, tirada em em 08-12-2007.

 

< topo >